para escutar!

CONFIRA O RANKING HISTÓRICO DA COPA DAS CONFEDERAÇÕES

ranking da copa das confederações


Diferente dos que você encontra na internet, o Sétimo Volume criou o seu próprio ranking da Copa das Confederações. Nele, os critérios de pontuação se baseiam unicamente no desempenho geral de cada seleção. Confira a seguir.

Critérios do Ranking da Copa das Confederações

A posição na tabela final é quem determina a pontuação de cada país. Assim, a classificação final de cada edição é mais valorizada, já que não destaca apenas os números finais dos jogos e não deixa de lado o valor histórico de cada partida realizada na história da Copa das Confederações.

Ao longo de suas 10 edições, a competição sempre teve o mesmo formato: 1ª fase, semifinal e final. A exceção foi a primeira Copa Rei Fahd, quando quatro países iniciaram a disputa já na fase de semifinal. Assim, fica fácil de determinar a pontuação para cada colocação na tabela, utilizando o dobro como padrão geral. Veja como ficou:

  • Campeão: 100 pontos
  • Vice-Campeão: 70 pontos
  • 3º Lugar: 50 pontos
  • 4º Lugar: 40 pontos
  • 1ª Fase: 20 pontos

Pontuação por Classificação na Copa das Confederações

Com esses critérios, a imagem abaixo mostra quanto cada seleção pontuou por sua participação. Vale lembrar que as edições de 1992 e 1995 tiveram menos participantes, quatro e seis respectivamente. Para elas, foram desconsiderados algumas posições de 1ª fase.

ranking-por-edição-da-copa-das-confederações-sétimo-volume

Ranking da Copa das Confederações por Histórico

Os valores apresentados foram somados e foi definido o ranking da Copa das Confederações abaixo. Nele, número de títulos e de participações são outros critérios de colocação final.

ranking-histórico-copa-das-confederações-sétimo-volume

Com o total de 4 títulos em sete participações, o Brasil é disparado o líder do ranking da Copa das Confederações. México e Argentina completam o TOP 3 em cenários diferentes. Os mexicanos, campeões em 1999, participaram sete vezes da competição, mas nem sempre conseguiram passar da 1ª fase. Já a Argentina figurou apenas 3 vezes como participante. E nas três chegou à final, sendo campeã apenas em 1992. Por final, a Dinamarca é a única seleção campeã que não está entre os 10 primeiros colocados. O motivo é que a seleção europeia participou apenas uma vez.

Ranking da Copa das Confederações por Participações

Agora, se o critério for apenas o total de participações no torneio, ele ficaria assim:

  1. 7 Participações: Brasil e México;
  2. 5 Participações: Japão;
  3. 4 Participações: EUA, Austrália, Arábia Saudita e Nova Zelândia;
  4. 3 Participações: Camarões, Argentina e Alemanha;
  5. 2 Participações: Espanha, Uruguai, Itália, Nigéria, África do Sul, Egito e França;
  6. 1 Participação: Chile, República Tcheca, Turquia, Portugal, Costa do Marfim, Colômbia, Emirados Árabes Unidos, Bolívia, Coreia do Sul, Canadá, Tunísia, Grécia, Iraque, Taiti, Rússia e Dinamarca.

Se você gostou deste nosso ranking e curte a Copa das Confederações, confira abaixo outros artigos sobre ela:

Escrito por:

Leave a comment